Get Social With Us
VI Festival de Cine Etnográfico de Ecuador | 2. Kaapora, O Chamado Das Matas
24030
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-24030,hazel-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,select-child-theme-ver-1.0,select-theme-ver-4.3,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive
Directora

Olinda Tupinambá

País

Brasil

Duración

20 min

Año

2020

Categoría

Filmes Festival Ecuador

2. Kaapora, O Chamado Das Matas

 

Uma narrativa da ligação dos Povos Indígenas com a Terra e sua Espiritualidade, do ponto de vista da indígena Olinda, que desenvolve projeto de recuperação ambiental nas terras de seu povo. Tendo a cosmovisão indígena como lente, a Kaapora e outros personagens espirituais são a linha central da narrativa e argumento do filme.

 

Directora

 

Olinda Tupinambá

 

 

Indígena do povo Tupinambá e Pataxó hãhãhãe, Jornalista, cineasta e ativista ambiental. Trabalha com audiovisual desde o final de 2015, entre documentários, ficção e performance produziu e dirigiu 7 obras audiovisuais. Foi curadora de diversos festivais e mostra de cinema, dentre eles o Festival de Cinema Indígena Cine Kurumin 8 edição (2021) e a mostra Lugar de Mulher é no cinema (2021) Produtora de duas mostras de cinema, Amotara – Olhares das Mulheres Indígenas (2021) e mostra Paraguaçu de Cinema Indígena. Coordenadora do Projeto Kaapora. Coautora do Doc/Especial TV. Falas da Terra. Produção: Estúdios Globo.